Conheça os principais problemas que uma má gestão de e-commerce pode gerar e saiba como evitá-los para ter um negócio online de sucesso.

Quando falamos sobre alto desempenho nas curvas de crescimento de um negócio online, alguns fatores são essenciais para assegurar o desenvolvimento sustentável do e-commerce, desde os processos internos até a experiência final do usuário.

Fatores como, o correto controle de estoque, cálculo de frete, planejamento de vendas, empacotamento e entrega ao consumidor, quando bem executados, tecem a eficácia de uma boa gestão, driblando problemas que possam impactar negativamente na loja virtual.

Para contextualizar a importância de construir uma gestão de e-commerce eficiente, listamos os principais problemas que podem ocorrer em um cenário oposto. Confira:

Experiência do usuário
O primeiro e mais importante ponto a ser considerado, é a experiência do usuário, que está intimamente ligada à eficácia de todos os processos de um e-commerce. Hoje, o consumidor final tem um grande poder de voz através das redes sociais e pode ser usado tanto a favor quanto contra a sua marca, dependendo de como foi a experiência deste usuário com a sua loja virtual. Por isso, é fundamental garantir a melhor experiência ao consumidor, tanto no compromisso com logística e qualidade, como no atendimento, em caso de dúvidas ou reclamações.

Reputação da marca
Como falamos anteriormente, a experiência do usuário dita as regras do negócio e pode impactar diretamente na reputação da sua marca perante o mercado, de forma muito rápida e incontrolável. Uma má reputação no mercado online impacta também no rankeamento orgânico do e-commerce nos sistemas de busca, além, claro, de afetar diretamente as vendas.

Queda nas vendas
Um simples atraso na entrega do produto a um consumidor pode ser suficiente para ele nunca mais querer comprar na sua loja, além de influenciar negativamente outras pessoas. Esse atraso pode ocorrer por diversos fatores, mas muitos deles estão sob domínio da gestão do e-commerce e podem ser evitados através de um bom planejamento logístico de estoque, armazenagem e distribuição, que pode ser feito pelo próprio e-commerce ou terceirizado com bons parceiros logísticos.

Perda de mercado para a concorrência
Engana-se quem pensa que preço é o único fator que define vitória entre concorrência no cenário offline e virtual. Site lento, com navegação confusa e falta de clareza até o processo de finalizar a compra, são alguns dos fatores que podem fazer o seu consumidor fechar o seu site e buscar uma outra opção na internet. Isso ocorre de maneira muito rápida e dinâmica, por isso, é fundamental saber segurar o seu consumidor dentro do seu site e conduzi-lo facilmente ao botão de compra, antes que ele mude de ideia.

Estoque parado ou indisponível
Quando um consumidor está desejando muito um produto, não há nada mais desmotivador que ler a palavra “indisponível” ou, em um cenário ainda pior, clicar no produto e descobrir que ele não está disponível no estoque. A boa gestão de estoque, alinhada com a atualização do e-commerce, é indispensável para evitar esse tipo de frustração no consumidor e melhorar a experiência do usuário. Além disso, podemos utilizar a tecnologia a nosso favor e oferecer recursos como o “avise-me quando disponível” para não deixar seu (futuro) cliente tão insatisfeito, oferecendo um lembrete assim que o produto estiver disponível em estoque.

Agora que você já conhece os principais pontos de preocupação dentro de um e-commerce e como possibilitar a melhor experiência ao seu cliente para elevar suas vendas, realize uma revisão dos seus processos dentro do seu negócio para evitar os problemas listados acima e, caso tenha alguma dúvida, escreva para nós através dos comentários abaixo ou diretamente em nossas redes sociais. 🙂

Quem vai de Sequoia, vai mais longe.